Publicidade
>>Como anunciar
>>Email
>>Tenha o Guia
>> Parceiros
.

Cadastre-se Aqui, é de Graça! Alterar cadastro Eu possuo senha Esqueci a senha 1ª vez: Não possuo senha
Serviços GuiaNet

>> Guia Turismo BR
>> Mapa do Brasil
>> Mensagem da Semana



 

Corredor de Biodiversidade

 Capital    
Macapá  
Clique aqui e pegue seu Ímã do Tempo! Previsão Estendida

 Tempo On Line

Digite uma cidade:


 



Bandeira do Estado do Amapá.

Estado do Amapá - (AP)

A maneira fácil de encontrar empresas, produtos, serviços ...
  Para uma procura detalhada, preencha mais de um campo.
Não é necessário preencher todos os campos.
Acentue as palavras.  Não utilize apóstrofes.

Empresa Produto/Serviço
 Cidade Bairro

 


>>Mapa do Amapá

>>Mapa Rodoviário do Estado do Amapá



Habitante: amapaense.
Situação geográfica - nordeste da região Norte.
Área: 142.358 km².
Limites: Guiana Francesa (N); oceano Atlântico (L) e Pará (S e O).
Características: planície com mangues e lagos (litoral) e planaltos (maior parte do território).
Clima: equatorial.
Cidades principais: Macapá e Santana.
Rios principais: Amazonas, Jari, Oiapoque, Araguari, Calçoene e Maracá.
Hora local (em relação a Brasília): a mesma.
Colonização: ingleses, holandeses, portugueses e migrantes nordestinos.
Vida média (anos): 64,3 (1980).
Economia - extrativismo (castanha-do-pará, borracha, madeira, mineração).
Agricultura: mandioca, arroz e milho.
Pecuária e criações: bubalinos, bovinos e suínos.
Minério: manganês.
Indústria: alimentícia, construção civil e mineração.



Capital do Estado - MACAPÁ
Código DDD   0 XX 96 - Nº do telefone
XX = Código da Operadora
 

Habitante - Macapaense.
Situação geográfica - Área: 24.557 km².
Limites: Cotias (N); oceano Atlântico (L); Santana (S); Porto Grande e Ferreira Gomes (O).
Altitude: 16,5 m.
Distância de Brasília: 1.783 km.
Economia - extrativismo (mineração, pesca); comércio e pecuária.
Agricultura: mandioca, arroz e milho.
Indústria: construção civil, alimentícia, bebidas.
Jornal: 1 diário.



Formação histórica

Doada ao português Bento Manuel Parente em 1637, com o nome de capitania da Costa do Cabo do Norte, a região sofre incursões de ingleses e holandeses, expulsos pelos portugueses; de franceses, que reivindicam a posse da área.
O Tratado de Utrecht, de 1713, estabelece os limites da terra dividida entre Brasil e França, mas os franceses não respeitam o acordo.
No séc. XIX, a descoberta de ouro e o aumento dos preços internacionais da borracha incentivam o povoamento do Amapá.
A disputa territorial continua até 1900, quando a questão é levada à Comissão de Arbitragem, em Genebra, que dá a posse ao Brasil.
Incorporado ao Estado do Pará com o nome de Araguari, torna-se território federal em 1943.
Dois anos depois, a descoberta de riquíssimas jazidas de manganês na Serra do Navio revoluciona a economia local. É elevado à categoria de Estado pela Constituição promulgada em 5/10/1988.


Desenvolvido por
GuiaNet - Guia Internet Brazil     ©1999 - 2002
Info: guianet@guianet.com.br